Presidente Trump

Este site mete Trump a dizer (quase) tudo o que você sempre quis ouvir

Chama-se Trump With Love e permite criar mensagens personalizadas a partir de 30 horas de filmagens dos discursos de Donald Trump. Nesta página, é o leitor quem escreve o guião do presidente dos EUA.

Os discursos de Donald Trump são, no mínimo, distintivos. Seja disso exemplo a sua conta de Twitter onde proliferam as ideias mais e menos controversas do novo presidente dos Estados Unidos da América. A pensar nas palavras pouco politicamente corretas de Trump — como daquela vez em que chamou “violadores” aos imigrantes mexicanos –, a agência norte-americana 180LA criou um site que, preto no branco, mete o presidente a dizer quase tudo o que quisermos.

A página Trump With Love permite criar frases à nossa escolha tendo em conta o vocabulário disponível, que resulta de 30 horas de filmagens de discursos, debates e entrevistas protagonizadas por Trump — de referir que as palavras que não existem são imediatamente assinaladas. Depois de inserida a mensagem, surge uma montagem em formato vídeo capaz de deixar qualquer um bem-humorado. Até agora, e segundo o contador que surge no canto superior esquerdo do site, foram criadas perto de 25 mil mensagens.

Ao site AdWeek, o diretor criativo da 180LA, Eduardo Rafael, disse que as palavras de Trump parecem trazer à superfície o pior das pessoas, pelo que a agência onde trabalha pensou em fazer exatamente o contrário:

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: acmarques@observador.pt
Moçambique

A extradição de Chang e o futuro da Frelimo

Manuel Matola

Apesar da complexidade do caso e da gravidade das acusações contra Manuel Chang, uma eventual extradição para Moçambique garantiria de que o processo-crime que corre em Maputo teria uma morte natural.

Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)