Uma criança de dois anos morreu, a meio da manhã deste domingo, na sequência de uma queda de um sexto andar num prédio na Quinta da Piedade, na Póvoa de Santa Iria (Vila Franca de Xira).

O INEM foi contactado às 10h51, adiantou fonte do serviço de emergência ao Observador. Os bombeiros da Póvoa de Santa Iria, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Vila Franca de Xira e uma equipa de psicólogos foram enviados para o local.

Contactado pelo Observador, fonte oficial da PSP explicou que o bebé estava na residência da avó materna, com os pais ausentes, e com um irmão de quatro anos. Num “momento de distração”, a criança caiu de uma janela virada para as traseiras do edifício.

Quando se deu conta do que tinha acontecido, explicou a mesma fonte, desceu para recolher o corpo e voltou a levá-lo para casa. Foi em casa que foi declarado o óbito.

À chegada da equipa de emergência, o bebé já se encontrava em paragem cardiorrespiratória. O óbito foi declarado no local, “apesar das manobras de reanimação ainda tentadas”, afirmou o Comandante dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Santa Iria, António Carvalho, à Lusa. O pai terá chegado depois, à residência da avó materna.