O economista norte-americano Thomas Sargent vai dirigir na China um centro de estudos e investigações financeiras centrado na inteligência artificial e no uso ‘big data’ (análise de grande volume de dados).

O Instituto Sargent de Economia Quantitativa formará parte da Escola de Negócios da Universidade Pequim HSBC, na cidade industrial de Shenzhen, informa hoje a imprensa oficial chinesa, citando um anúncio da universidade.

O novo centro vai oferecer um programa de doutoramento em economia quantitativa e um mestrado em finanças com especialização em tecnologia financeira.

O anúncio detalhou que o Instituto Sargent vai estudar, entre outros campos, o uso da inteligência artificial e ‘big data’ no investimento quantitativo, na fixação de preços de ativos e outras análises financeiras.

Sargent, um professor da Universidade de Nova Iorque, recebeu o Nobel da Economia em 2011 pela sua investigação empírica nas causas e efeitos na macroeconomia.