Livros

De Portugal à América

Eurico de Barros aposta na variedade: estar de férias é ter tempo para tudo, a banda desenhada, os dilemas da história ou aquilo que portugueses ilustres escreveram sobre a América.

Autor
  • Eurico de Barros

A Lei da Selva
Eduardo Teixeira Coelho, Raul Correia
(Libris Impressi)

Em 1948, a revista Mosquito publicou este clássico da BD portuguesa, uma aventura em que os heróis são leões e é protagonizada só por animais, com texto de Raul Correia e desenhos de Eduardo Teixeira Coelho (ETC). Ei-la de novo, agora em álbum, numa edição restaurada, com argumento e desenhos integrais e remontagem das pranchas originais. Como brinde, “Bodas Índias”, uma história de ETC inédita em Portugal.

Ditadura ou Revolução?
José Luís Andrade
(Casa das Letras)

Autor de vários ensaios sobre a Guerra Civil Espanhola (entre os quais o desmitificador Guernica: O Mito e os Factos) e sobre história militar, José Luís Andrade propõe-nos, neste volume rigoroso, bem documentado e limpo de visões tendenciosas ou esquemáticas, uma história das relações entre Portugal e Espanha entre os determinantes e agitados anos de 1926 e 1936. O prefácio é de Jaime Nogueira Pinto.

América the Beautiful
Carla Baptista
(Tinta da China)

Eça de Queirós, António Ferro, José Rodrigues Miguéis, Natália Correia, Joaquim Paço D’Arcos ou Jorge de Sena estão entre os escritores portugueses que, tendo visitado os EUA, ou lá vivido, escreveram sobre o país de Lincoln, Hemingway e Henry Ford. Carla Baptista compila aqui excertos dos seus relatos, dando-nos um caleidoscópio de pontos de vista de autores lusos sobre os EUA nos séculos XIX e XX.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Livros

No deserto chamado portugalidade /premium

Gabriel Mithá Ribeiro

O que acontece é que os intelectuais quase não saem disto: os pobres de espírito fazem e, nós, intelectuais, pensamos; eles são o corpo e nós a mente. Não pode haver noção mais indigente de sociedade.

Livros

Livros para férias (II) /premium

João Carlos Espada

Cinco livros recordam o binómio altamente improvável em que assenta o mistério político ocidental: a rivalidade civilizada entre direita e esquerda democráticas.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)