Sondagens

Sondagem. Maioria dos portugueses quer Agência Europeia do Medicamento em Lisboa

1.040

Mais de metade dos portugueses preferem que a Agência Europeia do Medicamento seja instalada em Lisboa, caso Portugal seja o escolhido, revela um estudo de opinião da Consulmark2.

A Agência Europeia do Medicamento tem atualmente sede em Londres, mas com o Brexit terá de mudar-se para outro lugar da União Europeia

Ângelo Lucas / Global Imagens

A maioria dos portugueses quer que a Agência Europeia do Medicamento, caso se instale em Portugal, fique sediada em Lisboa, revela um estudo de opinião realizado pela Consulmark2 entre 7 e 9 de julho.

De acordo com os resultados enviados ao Observador, quando questionados sobre qual a cidade que deve receber a agência, Lisboa ou Porto, 53,1% dos inquiridos escolheram a capital e 46,1% preferiram a cidade do Norte.

53,1%

Dos portugueses preferem que a Agência Europeia do Medicamento seja instalada em Lisboa.

Consulmark2

Os resultados distribuídos por regiões revelam que a escolha foi feita sobretudo com base na proximidade a cada uma das cidades.

Na região Norte, a esmagadora maioria dos votos foi para o Porto: 79,3%, contra apenas 19,6% para Lisboa. Na área metropolitana de Lisboa, a tendência inverte-se: 79,7% dos inquiridos votaram Lisboa, contra 20,3% que votaram Porto.

Curiosamente, a região onde mais inquiridos preferiram a capital não foi a área metropolitana de Lisboa, mas sim o Alentejo, onde 85,8% dos inquiridos votaram na capital, contra 14,2% que preferiram o Porto.

Entre os motivos mais apontados para escolher Lisboa, encontra-se o facto de ser a capital e a maior cidade do país e o facto de ter melhores condições e estar mais bem preparada para receber o organismo.

Já o motivo mais usado para justificar os votos na cidade do Porto foi o fator descentralização e a proximidade à residência.

No estudo, os inquiridos foram ainda questionados sobre as condições de várias cidades portuguesas para receber a agência. No total, 47,2% dos inquiridos consideraram que Braga tem capacidades para acolher o organismo, 46,7% afirmaram que Faro tem condições, 90,1% disseram-no sobre Lisboa, 89,3% sobre o Porto e 54% sobre Coimbra.

A seleção da cidade que irá candidatar-se a acolher a Agência Europeia do Medicamento (atualmente tem sede em Londres, mas com o Brexit terá de mudar-se para outro lugar da União Europeia) tem causado polémica na esfera política portuguesa.

Em abril, o Conselho de Ministros aprovou a candidatura de Portugal à sede da agência, com o objetivo de instalar órgão em Lisboa. O Parlamento votaria, depois, por unanimidade uma saudação à candidatura da cidade de Lisboa.

No entanto, depois de a autarquia do Porto ter mostrado desagrado pela candidatura de Lisboa e ter manifestado a intenção do Porto de também se candidatar, vários deputados voltaram atrás com o voto, expressando publicamente a sua oposição à candidatura de Lisboa.

Ficha técnica

Estudo de opinião, realizado pela Consulmark2 – Estudos de Mercado e Trabalho de Campo, Lda., entre os dias 7 e 9 de Julho de 2017. Foi objetivo deste estudo conhecer a opinião dos portugueses sobre a cidade portuguesa – Lisboa ou Porto – com mais capacidade para receber a Agência Europeia do Medicamento.

O universo é constituído por indivíduos de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 15 anos, residentes em Portugal Continental. Realizaram-se 464 entrevistas. A sua distribuição por Regiões NUts II foi a seguinte: Norte: 36%; Centro: 23%; Lisboa: 28%; Alentejo: 7%; Algarve: 6%.

A informação foi recolhida através de entrevista telefónica. A margem de erro, para um intervalo de confiança de 95%, é de +4,6%. A taxa de resposta foi de 39%.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt
Religião

O Dia Mundial da Religião

Donizete Rodrigues

O Dia Mundial da Religião é um momento ecuménico para promover a convivência, o interconhecimento e o diálogo inter-religioso, buscando um futuro livre de preconceito, discriminação e intolerância.

PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)