829kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

A primeira viagem a solo de Melania Trump acontece já em setembro

Este artigo tem mais de 5 anos

Apesar de já ter acompanhado o seu marido, Donald Trump, em viagens oficiais, a primeira dama norte-americana, Melania Trump, vai viajar sozinha, pela primeira vez, em setembro.

Melania vai liderar a delegação norte-americana nos Jogos Invictus, que são realizados em Toronto, no Canadá
i

Melania vai liderar a delegação norte-americana nos Jogos Invictus, que são realizados em Toronto, no Canadá

AFP/Getty Images

Melania vai liderar a delegação norte-americana nos Jogos Invictus, que são realizados em Toronto, no Canadá

AFP/Getty Images

Melania Trump, a primeira dama dos Estados Unidos, vai realizar a sua primeira viagem oficial sozinha a um país estrangeiro, em setembro. Foi o presidente Donald Trump que anunciou esta viagem, num comunicado divulgado na passada quinta-feira.

A viagem vai acontecer entre os dias 23 e 30 de setembro e tem como destino Toronto, no Canadá. Nestes dias Melania, segundo a CNN, vai liderar a delegação norte-americana nos Jogos Invictus.

Em apenas dois anos, os Jogos Invictus permitiram que milhares de militares feridos e de mulheres de diversos países participassem em competições desportivas adaptadas – algo que deveria ser louvado e apoiado em todo o mundo. Estou honrado por ter a oportunidade de ver o nosso país representado nos Jogos deste ano”, disse Trump, citado pela CNN.

Foi o Príncipe Harry, do Reino Unido, que teve iniciativa de começar estes jogos, tendo por aspiração alertar o público para a situação em que viviam os militares feridos e as suas mulheres. A ideia surgiu em 2014, mas os primeiros Jogos realizaram-se em 2015, na capital britânica.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nestes Jogos, os participantes competem em atividades paralímpicas, como natação, ciclismo e basquetebol com cadeira de rodas. A próxima competição, em que Melania estará presente, vai contar com a presença de 17 países.

Fiquei entusiasmada com o sucesso enorme dos Jogos inaugurais, que ocorreram em Londres, no ano de 2015, e com os segundos Jogos em Orlando, na Flórida, no ano passado”, relatou a primeira dama no comunicado, citada pela CNN.

Michelle Obama, mulher do ex-presidente Barack Obama, esteve presente na última edição da competição, realizada em 2016 na cidade de Orlando, na Flórida.

Michelle Obama, a antiga primeira dama dos Estados Unidos , e o Príncipe Harry, nos Jogos Invictus, em 2015.

Melania já viajou enquanto primeira dama até vários países, mas fê-lo sempre acompanhada do marido, Donald Trump. Já visitou países como Israel, Bélgica, Itália, Polónia e Alemanha e França, onde marcou presença nas celebrações do Dia da Bastilha.

Esta viagem a solo vai acontecer oito meses depois de alcançar o estatuto de primeira dama. Michelle Obama esperou 15 meses até viajar pela primeira vez sozinha e foi até ao México.

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Apoie o jornalismo independente desde 0,18€/ dia
Ver planos
Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas