Rádio Observador

Rolls-Royce

Queria um Rolls-Royce mais baratinho? Esqueça

Eis uma boa notícia: a Rolls-Royce pode vir a expandir a sua oferta. Mas também uma má: nenhum dos futuros modelos se posicionará abaixo do Ghost e dos cerca de 340 mil euros que este custa.

Autor
  • Francisco António

Numa altura em que acaba de apresentar a apenas oitava geração – em quase 100 anos de existência – do seu modelo de referência, o Phantom, a Rolls-Royce admite a possibilidade de aumentar a sua oferta, embora saliente não ver necessidade de enveredar por esse caminho. Mas se o fizer fica a garantia de que, sejam quais forem as opções, a exclusividade continuará intocada. E com preços a condizer, já que não haverá qualquer novo modelo abaixo do Ghost e para um patamar inferior aos cerca de 340 mil euros que este exige.

Já com algumas novidades confirmadas para o futuro próximo, nomeadamente e pela primeira vez na sua história, o lançamento de um SUV, a que será dado o nome Cullinan, a Rolls-Royce poderá, contudo, não ficar por aqui. Ainda que, conforme refere a britânica Autocar, um possível crescimento da gama passe não tanto por novos modelos, mas mais por derivações da oferta já existente.

Segundo faz questão de garantir o CEO da mítica marca de luxo, Torsten Müller-Ötvös, “não existe qualquer pressão para crescer” na Rolls-Royce, sendo que uma evolução nesse sentido seria, inclusivamente, “prejudicial”. Em declarações à revista britânica, o responsável defende que “volumes são algo nonsense, recordando que “os clientes não gostam de ver outros Rolls-Royce na estrada, além do seu”.

No entanto, e após um ano de 2016 em que vendeu mais de 4000 carros, a Rolls-Royce parece caminhar para números anuais a rondar as 5.000 unidades, especialmente a partir do momento em que colocar no mercado, em 2019, o Cullinan. Modelo que, assume Müller-Ötvös, “trará novos clientes para a marca”.

Torsten Müller-Ötvös

Noutros segmentos, a aposta deverá passar por variações da oferta já existente e, nomeadamente, de modelos mais “acessíveis”, como o Dawn ou o Wraith. Continuando fora de hipótese, por exemplo, criar Phantom Coupé ou Convertible. Tal como não está no horizonte a possibilidade de vir a lançar um modelo mais pequeno que a actual proposta de entrada na marca, o Ghost.

Até ao momento, têm sido precisamente os modelos mais “acessíveis”, como o Dawn, o Wraith e até mesmo o Ghost, que têm dado origem a versões mais desportivas, como as Black Badge. Sendo desta forma que a Rolls-Royce admite expandir a sua actual gama, acrescenta a Autocar.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)