Os Estados Unidos e a Coreia do Sul realizaram esta quinta-feira exercícios militares conjuntos na península coreana, dois dias depois do lançamento de um míssil, por parte da Coreia do Norte, que sobrevoou o Japão.

Ao todo serão dois bombardeiros B-1B, quatro caças F-15 e quatro F-35B as aeronaves envolvidas nos exercícios que sobrevoaram a península com o objetivo de “enfrentar fortemente os repetidos testes de mísseis balísticos da Coreia do Norte e o programa de armas nucleares”, garante a fonte da força aérea sul-coreana ouvida pela CNN.

A Coreia do Norte lançou, na terça-feira, um míssil balístico que sobrevoou o Japão e aterrou no Oceano Pacífico. Da parte de Pyongyang, o teste foi só um prelúdio e o próximo alvo é Guam. As Nações Unidas já condenaram “fortemente” o lançamento e o programa nuclear norte-coreano.