Segundo avança a Autocar, a futura variante híbrida plug-in do Range Rover Evoque está já em desenvolvimento, embora não tenha ainda qualquer data prevista para apresentação. Sendo apenas certo que será mais um passo na concretização do objectivo já assumido pela Jaguar Land Rover de oferecer variantes eléctricas ou electrificadas de todos os seus modelos, até 2020.

O futuro Evoque PHEV deverá ter por base um três cilindros 1,5 litros a gasolina, conjugado com motor eléctrico que, por sua vez, vai buscar a energia a uma bateria de iões de lítio de capacidade ainda desconhecida, complementada por um novo sistema eléctrico de 48V. O qual, segundo avança ainda a britânica Autocar, deverá ser muito idêntico ao apresentado no Evoque Concept semi-híbrido dado a conhecer em 2015, no qual o motor eléctrico servia não apenas de apoio ao motor de combustão, mas também para as funções de arranque.

A primeira versão híbrida do Evoque deverá ser apresentada com a próxima geração do modelo, a qual, sabe-se já, terá por base uma nova plataforma, para a qual estão a ser desenvolvidos novos motores a gasolina e gasóleo. Desde logo, mais evoluídos nas performances, economia de combustível e emissões.

No entanto e ainda antes do Evoque híbrido plug-in, chegam aos mercados, já este ano, as versões semi-eléctricas, tanto do Range Rover, como do Range Rover Sport. Ambas utilizando motores a gasolina, deixando assim para trás a solução híbrida a gasóleo que o actual Range Rover PHEV utiliza.