Um avião da transportadora SATA, que fazia a ligação Pico-Terceira, nos Açores, fez uma aterragem de emergência nas Lajes após ter sido detetado um problema técnico, mas não houve feridos, disse à Agência Lusa fonte da companhia. “A aeronave fazia Pico-Terceira e surgiu fumo no cockpit. Por precaução, o piloto optou por fazer uma aterragem de emergência ao chegar à Terceira”, afirmou o presidente do conselho de administração da SATA, Paulo Menezes.

Segundo Paulo Menezes, “assim que a aeronave aterrou, o piloto fez sair os 26 passageiros”. “Não houve feridos, nem danos”, esclareceu o responsável, adiantando que os passageiros foram acompanhados pelo ‘staff’ da SATA no aeroporto “e a operação já está normalizada”. O presidente da companhia aérea açoriana adiantou que “a aeronave está a ser inspecionada para apurar o que se passou e fazer a reparação do que for necessário”.

Contactado o gabinete de relações públicas da Zona Aérea dos Açores, este confirmou a aterragem de emergência do avião da SATA sem a ocorrência de feridos.