O défice de Portugal recuou para 1,6% do PIB no segundo trimestre, face aos 3,0% homólogos, revela esta terça-feira o Eurostat num boletim em que volta a adiar uma decisão sobre o impacto da recapitalização da CDG.

O défice português recuou para quase metade do registado entre abril e junho de 2016, dos 3,0% para os 1,6% do do Produto Interno Bruto.

No primeiro trimestre do ano, o défice foi de 0,8% do PIB.

O gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, sublinha que, “dada a complexidade da operação” de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, prosseguem as conversações com o INE no que respeita à sua inscrição nas contas nacionais.

Segundo o Eurostat, “a recapitalização da CGD deverá ascender a 4.874 milhões de euros (4.444 milhões no primeiro trimestre de 2017), dos quais 3.944 milhões de euros foram realizados pelo Estado Português, representando 2,1% do PIB anual esperado”.

Em julho, o Eurostat tinha remetido para setembro uma decisão sobre o impacto da recapitalização da CGD nas contas nacionais.