O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu este sábado representantes da associação feminista Capazes, da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com “a atenção mediática” recente – disse Inês Ferreira Leite, da associação Capazes – sobre o acórdão do juiz Neto de Moura, na apreciação de um recurso de um caso de violência doméstica, a servir de pano de fundo.

“Neste momento pode haver alguns aspetos legislativos que podemos melhorar”, considerou a feminista, mas a “preocupação”, afincou, é colocar totalmente em prática os “excelentes instrumentos legislativos” que existem em Portugal.

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, não falou aos jornalistas no final do encontro em Belém, que durou mais de uma hora.