Bugatti

Fez 500 km. E ganha mais de meio milhão com Chiron

171

O primeiro Chiron a chegar a leilão foi arrematado por um valor recorde: 3.323.750€. Em menos de um ano, o anterior dono pôs apenas 500 km no superdesportivo e ganhou mais de meio milhão na operação.

Autor
  • Francisco António

Modelo ainda recente no mercado, até porque se trata de uma das primeiras 20 unidades entregues a nível mundial, além de uma das 18 cujas chaves chegaram às mãos dos respectivos proprietários apenas na segundo trimestre de 2017, o primeiro Bugatti Chiron em segunda mão a ser leiloado foi prontamente arrematado. E por um valor que passa a ser recorde, para este modelo: 3.323.750€.

Decorado na emblemática pintura bicolor Atlantic Blue e French Racing Blue, conjugada com um interior revestido a pele castanha clara, o Bugatti Chiron agora leiloado havia sido entregue ao seu primeiro dono em Abril último. O qual terá cumprido, ao volante do seu novo superdesportivo de luxo, não mais que metade dos cerca de 1.000 km que a unidade marca, já que os restantes terão sido feitos pelos técnicos da Bugatti, nos testes finais antes da entrega ao cliente.

Antes do leilão, levado a cabo em Paris, França, pela conhecida leiloeira RM Sotheby’s, as expectativas eram de que o modelo viesse a ser arrematado por um valor entre os 3,2 e os 3,6 milhões de euros. Cumprida a licitação, as estimativas acabaram mesmo por concretizar-se, com o desportivo francês a ser vendido por mais de 3,3 milhões de euros – o que não deixa de ser um bom negócio, já que o Chiron, em novo, custa cerca de 2,5 milhões de euros.

Certamente que o facto deste usado exibir a pintura mais emblemática do modelo, ter o interior revestido a pele e incluir opcionais como o volante em fibra de carbono ou as pinças de travão em Maritime Blue, a destacarem-se no interior das jantes metalizadas “Clássica”, terão contribuído para o valor alcançado.

Recorde-se que o Bugatti Chiron conta, debaixo do capot traseiro, com um W16 8,0 litros quadriturbo a debitar qualquer coisa como 1.500 cv de potência e 1.180 Nm de binário que, conjugado com uma caixa DCT de sete velocidades, lhe permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em cerca de 2,5 segundos, com a velocidade máxima a surgir aos 420 km/h.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)