A Sport Auto é uma reputada publicação alemã que, volta e meia, chama a si a árdua tarefa de “brincar” com uns veículos que quase todos adoram, mas onde poucos conseguem meter a mão. Em mais um trabalho ciclópico, os jornalistas germânicos reuniram a fina flor dos superdesportivos e toca de ver quem era o melhor na pista francesa de Anneau du Rhin, muito próximo da fronteira com a Alemanha e a Suíça. E foi um daqueles eventos onde não faltou ninguém.

O título do trabalho da Sport Auto não deixa margem para dúvidas, com o Best Handling Car 2018 a ser isso mesmo, a determinação de qual é o modelo mais eficaz e rápido numa volta ao circuito. É uma vitória para a qual tudo contribui, da potência do motor à eficácia do chassi, passando necessariamente pela capacidade de travagem. Como aliás pode ver aqui, num vídeo publicado pela Sport Auto:

[jwplatform nMPrmlLk]

E candidatos ao ceptro do “melhor de 2018” não faltavam. A Alemanha estava representada pelo Audi R8 V10 Plus, o Mercedes AMG GT R e o Porsche 911 GT3, enquanto os ingleses fizeram deslocar o McLaren 720S e a Itália entregou a defesa das suas cores ao Lamborghini Huracán Performante. O conjunto ficou completo com a inclusão do Honda NSX, em representação do Japão, e do Chevrolet Corvette Z06, com as cores dos EUA.

Para o confronto foi escolhido o Petit Circuit, com apenas 2,0 km, uma das muitas variantes possíveis do traçado instalado a poucos quilómetros de Mulhouse, terra onde nascem os Bugatti. O Lamborghini resolveu a questão confortavelmente para o seu lado, provocando ser o mais eficaz dos desportivos na fasquia dos 600 cv, contando com um motor V10 atmosférico que “grita” que é uma maravilha. Veja na galeria, ou no vídeo em baixo, como ficou a classificação.

[jwplatform MpO6I2go]