Obrigado por ser nosso assinante. Pode ler este e todos os artigos do Observador em qualquer dispositivo.

O CDS de Assunção Cristas quer ser “o partido do futuro”, por isso lança esta sexta-feira — em véspera de Congresso — um canal de televisão no YouTube. A CDS-TV vai ser coordenada pelo deputado João Almeida e a ideia, segundo explica Assunção Cristas num vídeo promocional onde aparece a fazer de pivot, é “estar mais perto das pessoas” e “mostrar a todos a atividade diária do partido”.

“A CDS-TV é um meio de comunicação moderno, atrativo e dinâmico, fiel aos princípios e valores do partido” que “pretende tornar-se num importante instrumento de aproximação entre eleitores e eleitos, contribuindo para o processo de modernização do CDS enquanto partido fundador do nosso sistema democrático e adaptado à sociedade contemporânea”, lê-se no comunicado enviado pelo CDS às redações, onde o partido reconhece que, em política, é tão importante fazer como comunicar e mostrar o que se fez.

No vídeo promocional, Cristas explica que o objetivo é dar a conhecer toda a atividade do partido, desde as atividades de rua, às estruturas, passando pelas conferências e debates do partido, culminando com “conversas com as pessoas olhos nos olhos”.

Lançado na véspera do congresso do CDS, que decorre este sábado e domingo em Lamego, a transmissão em direto da reunião magna do partido vai ser mesmo o primeiro teste. “Pela primeira vez, em Portugal, um partido político fará a sua própria cobertura televisiva de um congresso. Essa emissão não se limitará à transmissão dos discursos e terá momentos de reportagem, entrevista, comentário e debate”, lê-se no comunicado de imprensa.

Também o PSD tem um canal de YouTube intitulado PSD TV, sendo que agora o CDS recorre ao mesmo instrumento para se “afirmar como o partido do futuro”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR