Comida

Uber Eats chega ao Porto

O serviço de entrega de comida ao domicílio da Uber chega ao Porto com parceria com restaurantes como a cadeia McDonald's, o Café Velasquez e O Diplomata, entre outros.

O Uber Eats chegou a Portugal a novembro 2017. É serviço exclusivo de entrega ao domícilio do McDonald's

Uber

A partir desta quarta-feira, da Foz até às Antas e da Ribeira até Arca de Água, vai ser possível pedir comida ao domicílio pelo Uber Eats. Pedir levarem para casa, ou trabalho, menus do McDonald’s, cachorrinhos do Snack Bar Gazela e pregos do Venham mais Cinco passou a ser mais fácil no Porto.

É o quarto município português a receber a expansão deste serviço da Uber que, desde novembro de 2017 está disponível em Lisboa, Oeiras (Algés, Carnaxide, Miraflores e  Linda-a-Velha) e Amadora (Alfragide). Na cidade invicta a app do Uber Eats chega com parcerias com “mais de 60 restaurantes”, informa a empresa em comunicado de imprensa enviado às redações.

Estamos muito entusiasmados por trazer o UberEats para o Porto. Queremos aproximar os Portuenses, e quem visita a cidade, das suas refeições favoritas”, disse em comunicado Rui Bento, diretor-geral da Uber para a Ibéria.

Desde que foi lançado em 2014, em São Francisco, na Califórnia, o Uber Eats tornou-se dos principais serviços da empresa de mobilidade criada por Travis Kalanick, havendo cidades que antes de terem carros da Uber a circular nas estradas, já dispõem do serviço de entrega de comida. Em Portugal, o principal concorrente é o Glovo. 

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Crónica

Se eu pudesse ver a minha avó /premium

Ruth Manus
111

Atrás da tela do computador, os olhos avermelhados seguem clamando por uma trégua. O céu escureceu ainda mais. Hoje não vou vê-la. Mas fecharei os olhos por alguns minutos, sem contagem regressiva. 

PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)