As autoridades nigerianas afirmaram que 100 pessoas morreram devido às inundações provocadas pelas chuvas fortes que se fizeram sentir no país nos últimos dias.

Um porta-voz das Agência Nacional de Gestão de Emergências disse à agência Associated Press que as mortes ocorreram em dez estados e que o número poderia aumentar.

A Agência de Serviços Hidrológicos da Nigéria e a Agência Meteorológica nigeriana acredita que os níveis de água serão superiores aos registados em 2012, quando as inundações mataram 363 pessoas e deslocaram mais de 2,1 milhões.

As agências alertaram que 12 dos 36 estados da Nigéria serão “seriamente afetados” pelas cheias severas, sendo que algumas das áreas mais afetadas se situam ao longo do rio Níger. Espera-se que o nível de água do rio suba substancialmente caso as comportas da barragem de Lagbo, nos Camarões, sejam abertas.