A Aliança acaba de anunciar a assinatura de um acordo plurianual global com a Google, para equipar os automóveis Renault, Nissan e Mitsubishi com “sistemas inteligentes” de infoentretenimento, prevendo-se que a respectiva integração ocorra em 2021.

Significa isto que os modelos do conglomerado franco-nipónico vão passar a disponibilizar aplicações e serviços de infoentretenimento da Google, mas o facto de as diferentes marcas partilharem a plataforma Android não significa que as soluções propostas sejam exactamente iguais, com a Aliança a sublinhar que cada fabricante é livre para criar o seu próprio interface e funcionalidades específicas.

Focando-se nas tecnologias de nova geração, a Aliança promete que a parceria tecnológica firmada com a Google lhe permitirá oferecer, a condutores e passageiros, “os recursos do Google e do Android para aceder a um ecossistema que inclui milhares de aplicativos e um conjunto cada vez maior de novas aplicações”. Googe Maps, Google Assistant e Google Play Store são algumas das mais populares, sendo o sistema também compatível com Apple iOS.

“Com a integração da plataforma Android nos nossos sistemas de infotainment, adicionamos um novo nível de inteligência às nossas viaturas conectadas. No futuro, o Google Assistant, que emprega a tecnologia líder de inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) da Google, pode vir a tornar-se a principal forma de interacção dos clientes com os seus veículos. Com o Google Maps e o Google Assistant incluído nos sistemas de infotainment da Aliança, os nossos clientes vão dispor da mais avançada tecnologia de AI na ponta dos seus dedos. E com o acesso a bordo à Google Play Store, vão poder desfrutar de um aberto e seguro ecossistema de aplicações Android desenvolvidas para automóveis”, destaca Kal Mos, vice-presidente global dos Veículos Conectados da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.