Jornalismo

Jornalista do Observador vence prémio de promoção da ciência

335

Vera Novais recebeu o prémio da Comunidade Cética Portuguesa pelo jornalismo "de alta qualidade" na área da ciência. A cerimónia aconteceu este sábado no Museu de Leiria.

Getty Images/iStockphoto

A jornalista do Observador Vera Novais venceu este sábado o Prémio COMCEPT “pelo trabalho jornalístico que tem desenvolvido na promoção da ciência e do jornalismo científico em Portugal”. Segundo a Comunidade Cética Portuguesa, que lhe entregou o prémio, a jornalista de ciência do Observador “tem-se destacado pelo seu percurso na área da comunicação de ciência e, mais recentemente, como jornalista de ciência”.

De acordo com a Comunidade Cética Portuguesa, “o prémio COMCEPT é atribuído a personalidades portuguesas que se tenham destacado na promoção da ciência, do pensamento crítico e do ceticismo científico na sociedade”.

Entre os trabalhos que mais contribuíram para a atribuição do prémio estão uma entrevista a António Vaz Carneiro (fundador do Centro de Investigação de Medicina Baseada na Evidência) sobre terapias alternativas, um fact check sobre o caso de um jardineiro que pôs a Monsanto em tribunal por afirmar que o glisofato lhe tinha causado um cancro e uma reportagem sobre as dietas detox

Além disso, a Comunidade Cética Portuguesa também destaca a cobertura “de alta qualidade” de “temas institucionais, como os Prémios Nobel ou a relação da Fundação para a Ciência e Tecnologia com a comunidade científica, assim como temas mais gerais como a exploração espacial, biotecnologia e saúde”.

O prémio foi entregue no sábado durante a ComceptCon, a convenção anual da associação, que reuniu cerca de 100 pessoas no Museu de Leiria. Arlindo Oliveira e Zita Martins (do Instituto Superior Técnico) e João Faria (do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço) estiveram na cerimónia para participar na reunião, que este ano era subordinada ao tema “Na Fronteira”. João Monteiro, vice-presidente da COMCEPT foi o responsável pela apresentação do vencedor do prémio.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)