Pelo menos, 17 pessoas morreram esta quinta-feira num incêndio que atingiu um edifício comercial de 19 andares na capital de Bangladesh, Daca, anunciou um responsável dos bombeiros.

Em declarações à agência de notícias France-Presse (AFP), Khurshid Alam, responsável dos bombeiros, indicou que “o número de mortos é para já de 17”, acrescentando que pode continuar a aumentar.

Dezanove brigadas de incêndio estão a trabalhar no local. Membros da força aérea e da marinha do Bangladesh também se juntaram à luta contra as chamas”, disse Mohammad Russel, responsável pela sala de controlo central dos bombeiros de Daca.

Helicópteros militares juntaram-se à operação de resgate.

Segundo a AFP, as causas do incêndio ainda não são conhecidas.

Imagens nas redes sociais mostram chamas e fumo preto a subir pela fachada do prédio, sob o olhar de uma multidão reunida na rua.

Incêndios e colapsos de edifícios são comuns no Bangladesh, um país do sul da Ásia com 160 milhões de habitantes, devido às construções que não seguem os padrões de segurança.