António Guterres

António Guterres visita mesquitas atacadas em março na Nova Zelândia

533

António Guterres esteve nas duas mesquitas da Nova Zelândia onde 51 pessoas foram mortas e explicou que queria vir pessoalmente a estes locais para expressar o seu amor, apoio e admiração.

Guterres passou cerca de 30 minutos dentro da mesquita a conversar com líderes muçulmanos e sobreviventes dos ataques

PARKER SONG / POOL/EPA

O secretário-geral da ONU, António Guterres, visitou esta terça-feira as duas mesquitas da Nova Zelândia onde 51 fiéis foram mortos por um atirador em março.

Guterres disse aos jornalistas, em frente à mesquita Al Noor, em Christchurch, que não tinha palavras capazes de aliviar a tristeza e a dor.

O líder das Nações Unidas explicou que queria vir pessoalmente a estes locais para expressar o seu amor, apoio e admiração.

Guterres passou cerca de 30 minutos dentro da mesquita a conversar com líderes muçulmanos e sobreviventes dos ataques.

Depois, viajou para a mesquita de Linwood, onde depositou uma coroa de flores e voltou a encontrar-se com sobreviventes.

O secretário-geral da ONU está a visitar vários países do Pacífico Sul, principalmente para promover a discussão sobre os problemas das alterações climáticas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)