Em Cannes, a passadeira vermelha não dá tréguas. O festival de cinema só termina no próximo sábado e, depois da grande noite de abertura, as estrelas da moda, do cinema, da música e das artes ainda não pararam de circular pela Riviera Francesa. Entre elas, esteve a portuguesa Sara Sampaio. Tal como outras celebridades, a manequim da Victoria’s Secret aproveitou a antestreia de “Rocketman” para exibir um fato prateado com cauda, criação do designer de origem libanesa Rami Kadi.

Julianne Moore continuou a esbanjar charme em Cannes. Depois do vestido Christian Dior com que inaugurou esta 72ª edição do festival, a atriz de 58 anos usou um vestido preto Louis Vuitton, mas foi com uma pequena e elaborada capa em couro que chamou as atenções. De prateado e rosa, pisou a red carpet na última quinta-feira, com uma criação de alta-costura Givenchy.

Mas também houve novas visitas: Carla Bruni, em Celine, Amber Heard, vestida pelo designer Claes Iversen e por Elie Saab, Dita von Teese, em Alexis Mabille, Bella Hadid, em Dior e Cavalli, Penélope Cruz, fiel a Chanel, e Monica Bellucci, também em Dior. O clã das manequins assistiu à chegada de reforços de peso — Anja Rubik só vestiu Saint Laurent (afinal, num duo perfeito não se mexe), Josephine Skriver, Toni Garnn, Elsa Hosk, Martha Hunt e Liya Kebede deslumbrou em Valentino.

Na fotogaleria, veja os melhores looks dos últimos dias do Festival de Cannes.