A Polícia Marítima de Vila Real de Santo António apreendeu na segunda-feira 3.200 quilogramas de sardinhas que tinham sido capturados durante o fim de semana, período no qual a captura desta espécie está proibida, anunciou esta quinta-feira a Autoridade Marítima.

A apreensão foi feita “em flagrante”, durante uma operação planeada pelo Comando Local da Polícia Marítima de Vila Real de Santo António (distrito de Faro) para “controlo da pesca do segmento do cerco nas águas jurisdicionais” junto à localidade fronteiriça algarvia, referiu a fonte num comunicado.

A operação decorreu entre as 04h00 e as 11h00, contou com quatro elementos da Polícia Marítima e um da capitania do porto local.

Foi abordada, “em flagrante, uma embarcação no exercício de atividade de faina de pesca com arte de cerco, dirigida aos pequenos pelágios – concretamente à espécie ‘sardinha’, em período proibido”, contextualizou a Autoridade Marítima Nacional.

“No decorrer da fiscalização da atividade, foi constatado que a tripulação da embarcação tinha exercido a faina, capturado e acondicionada a bordo cerca de 3.200 quilogramas de sardinha, durante o fim de semana, período em que está proibida a captura desta espécie”, acrescentou a mesma fonte.