O governo moçambicano vai adquirir cinco novas locomotivas, noventa carruagens, 300 vagões e cinco automotoras, num investimento avaliado em 95 milhões de dólares (84 milhões de euros), anunciou fonte oficial esta segunda-feira.

“Até finais de maio do próximo ano, teremos os equipamentos disponíveis em Moçambique, devendo ser distribuídos pelas zonas sul e centro do país”, disse Carlos Mesquita, ministros do Transportes e Comunicação, citado esta segunda-feira num comunicado distribuído à imprensa.

O investimento vai ser realizado através de uma linha de crédito disponibilizada pelo governo indiano, no âmbito do fortalecimento da cooperação entre os dois estados.

“As locomotivas e vagões trarão uma capacidade adicional para o transporte de minérios do ferro e outros que circulam entre a fronteira de Ressano Garcia e o Porto de Maputo, na perspetiva de transferir mais carga da rodovia para a ferrovia de modo a evitar-se congestionamentos e acidentes de viação nas estradas”, referiu o governante.

A gestão dos novos equipamentos estará a cargo da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.