Robert De Niro é um dos deuses na Sétima Arte. Depois de alguns papéis brilhantes e umas realizações capazes de deixar até os mais exigentes convencidos, o actor empresta o seu nome a um veículo eléctrico. O único que parece ter sido feito a pensar em si, ou não se chamasse ele… Niro.

O Niro, crossover da Kia do segmento compacto, só se encontra à venda com algum nível de electrificação – tendo sido este o argumento usado para atrair o actor –, propondo versões que oscilam entre o híbrido, o híbrido plug-in e o 100% eléctrico.

O primeiro anúncio em que De Niro surgiu a promover o Kia Niro surgiu em Outubro de 2018, onde fazia uma espécie de teaser ao e-Niro. Agora, o fabricante sul-coreano acordou com o actor explorar a faceta trendy do veículo, daí que se veja De Niro envergar um traje que faz recordar, até certo ponto, o dos pescadores da Nazaré. Mas o guião não pareceu ser muito claro para o venerado actor, que ficou sem saber se seria o De Niro ou o Niro a surgir com uma fatiota mais “à moda”. E instalou-se a confusão.