Tal como o Observador já aqui tinha noticiado, Harald Krüger estaria prestes a abandonar a liderança da BMW.  O facto é agora confirmado pela marca, segundo a qual terá partido de Krüger a opção de “renunciar ao cargo de presidente e deixar o conselho de administração por mútuo acordo, a 15 de Agosto de 2019”.

 O conselho de supervisão respeita muito a decisão de Harald Krüger e expressou o sincero agradecimento pelos seus muitos anos de um trabalho de sucesso dentro do BMW Group. Em nome de toda a empresa, desejamos-lhe muito sucesso para o futuro e esperamos que o BMW Group tenha sempre um significado especial para ele”, declarou o presidente do conselho de supervisão da BMW AG, Norbert Reithofer.

A redução dos lucros e o atraso nos veículos eléctricos foram a apontados, pela Automotive News, como fontes de desagrado pela gestão de Harald Krüger. E, de certa forma, a mensagem de boas-vindas ao novo líder, Oliver Zipse, permite subentender esse recado. “Com Oliver Zipse, teremos um líder analítico e estratégico decisivo a assumir a presidência do conselho de administração da BMW AG. Ele irá trazer ao BMW Group uma nova abordagem na definição da mobilidade do futuro”, defende Reithofer.

Zipse inicia funções a 16 de Agosto. Faz parte do conselho de administração da BMW AG desde 2015 e actualmente é o responsável máximo pelo Departamento de Produção. Entrou na empresa em 1991 como trainee, e tem vindo, desde então, a ocupar várias funções de gestão.