As ações da Cofina subiam esta segunda-feira mais de 5%, depois de na semana passada a dona do Correio da Manhã ter confirmado que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital, dona da TVI.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) levantou a suspensão da negociação das ações da Cofina e da Media Capital na passada sexta-feira (16 de agosto), depois destas terem sido suspensas no dia 14 de agosto na sequência da notícia do Expresso que dava conta que a empresa de Paulo Fernandes tinha entrado em negociações com a espanhola Prisa para a compra da dona da TVI.

No início da sessão, a Cofina chegou a valorizar mais de 6%, seguindo cerca das 9h10 a ganhar 5,62% para 0,47 euros.

No dia 14 de agosto, horas depois da suspensão das ações, a Cofina confirmou que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital e um dia depois coube à empresa espanhola confirmar que estava em negociações em regime de exclusividade com a dona do correio da Manhã sobre uma eventual venda da Media Capital.

Em 16 de agosto, a Cofina adiantou que está a negociar com a Prisa a aquisição da Vertix, que detém 94,69% da Media Capital, admitindo lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a dona da TVI.