Rosa Mota sagrou-se este domingo campeã da Europa na sua categoria no corta-mato dos Europeus Masters de atletismo, que estão a decorrer em Veneza, Itália.

A campeoníssima portuguesa, campeã olímpica da maratona em 1988, foi a melhor do escalão mais de 60 anos – tem 61 – e cumpriu os quatro quilómetros da prova em 15.14 minutos, à frente de Pauline Moran, da Irlanda (15.26), e de Maria Lorenzini, de Itália (16.24). No total de todos os escalões, foi quarta, só superada por atletas veteranas mais novas.

Os treinos por telefone, a guerra com a Federação e o grito para o ouro. Rosa Mota foi campeã olímpica há 30 anos

Rosa Mota também está inscrita em Veneza nas corridas dos 10 quilómetros em estrada e também nos 10.000 metros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em Veneza, Portugal já assegurou, em quatro dias, um total de 20 medalhas, das quais 10 de ouro, ocupando o sexto lugar no quadro de medalhas.

Este domingo, também foram campeões Bernardino Pereira (M80, 10.000 metros), Joaquim Figueiredo (M50, corta-mato) e a seleção de corta-mato de M50, com Joaquim Figueiredo, Domingos Barros e António Costa. Os Masters europeus de atletismo prosseguem em Veneza até ao próximo domingo.

Rosa Mota vence mini-maratona de Macau aos 60 anos, três décadas após ouro em Seul