A bolsa de Hong Kong quer comprar a bolsa de Londres e fez uma oferta de 29,6 mil milhões de libras (cerca de 33 mil milhões de euros) para a compra da congénere, segundo a Bloomberg.

“Aproximar a Bolsa de Hong Kong e a de Londres vai redefinir os mercados de capitais globais nas próximas décadas”, disse o CEO da Bolsa de Hong Kong, Charles Li, em comunicado. “Ambas as empresas têm grandes marcas, solidez financeira e histórico comprovado de crescimento.”

O anúncio foi feito esta quarta-feira e já era planeado há meses, segundo Charles Li. Surge semanas depois de a bolsa de Londres (a London Stock Exchange Group) ter anunciado que chegou a acordo para a aquisição, por cerca de 24,2 mil milhões de euros, da fornecedora de dados e infraestrutura para os mercados financeiros Refinitiv.

Em 2012, a bolsa de Hong Kong (Hong Kong Exchanges and Clearing) já tinha comprado a bolsa de metais de Londres (London Metal Exchange) por 1,4 mil milhões de libras (1,57 mil milhões de euros).