Um cachalote foi encontrado morto com um emaranhado de 100 kg de detritos no estômago, após encalhar na ilha Harris, na Escócia, noticia a BBC. Redes de pesca, cordas, sacos e copos de plástico foram alguns dos itens descobertos no interior do estômago deste mamífero. Segundo a BBC, uma equipa da Scottish Marine Animal Stranding Scheme (SMASS), uma organização que investiga a morte de baleias e golfinhos, fez uma autópsia ao cadáver para tentar determinar a causa de morte e concluiu que não era claro se o lixo marinho tinha contribuído para esse desfecho.

“O animal estava em péssimas condições e, embora essa quantidade de detritos pudesse provocar a morte do cachalote, na verdade, não encontrámos evidências de que tivesse obstruído o seu intestino”, escreveu a organização numa publicação no Facebook. No entanto, terá comprometido o seu sistema digestivo.

Os especialistas da SMASS acrescentaram ainda que o caso “serve para demonstrar mais uma vez os perigos que o lixo marinho e os utensílios de pesca perdidos ou deitados no mar podem causar à vida marinha”.

Também a população local, que encontrou a carcaça na praia na quinta-feira, considerou que a situação veio evidenciar o problema da poluição marinha.