À medida que o cartaz do festival Rock in Rio Lisboa começa a compor-se, começa também a ficar claro que a edição deste ano terá um dia dedicado ao rock. Depois de já ter anunciado para o segundo dia de concertos, 21 de junho, atuações das bandas Foo Fighters (de Dave Grohl, ex-Nirvana) e The National, a organização do evento confirmou esta segunda-feira mais um concerto: o de Liam Gallagher, antigo membro dos Oasis.

O concerto no Rock in Rio Lisboa marcará assim o regresso a Portugal do enfant terrible dos Oasis, banda britânica que se tornou um dos maiores grupos de pop-rock do mundo nos anos 1990, em parte graças a um início explosivo com dois álbuns editados em 1994 e 1995, que incluíam canções como “Supersonic”, “Live Forever”, “Cigarettes & Alcohol”, “Rock ‘n’ Roll Star”, “Some Might Say”, “Roll With It”, “Wonderwall”, “Don’t Look Back in Anger” e “Champagne Supernova”. O grupo ainda durou até 2009, lançando um total de sete discos, mas a relação conflituosa entre Liam e o irmão — e também membro — Noel Gallagher ditou o fim dos Oasis.

Com fama de irascível e um historial de concertos acidentados em Portugal — por duas vezes, em festivais de Verão e acompanhado pelos restantes membros dos Oasis, Liam Gallagher foi alvo da ira e insatisfação de espectadores pela postura que assumiu em palco —, o cantor fez ainda parte do grupo Beady Eye (entre 2009 e 2014) antes de se lançar numa carreira a solo.

É em nome próprio que Liam Gallagher se apresentará no próximo verão em Lisboa, no âmbito de uma digressão de apresentação ao vivo do seu segundo álbum a solo, intitulado Why Me? Why Not e editado em setembro do ano passado. Apesar disso, dos alinhamentos dos seus concertos mais recentes constam alguns êxitos dos Oasis, como “Rock ‘n’ Roll Star”, “Morning Glory”, “Stand By Me”, “Wonderwall”, “Roll With It”, “Champagne Supernova” e “Cigarettes & Alcohol”.

Liam Gallagher em concerto há pouco mais de um mês, a 9 de dezembro, na Austrália (@ Mark Metcalfe/WireImage)

Para a próxima edição do festival, que se realiza em Lisboa de dois em dois anos — mais propriamente no Parque da Bela Vista —, também já estão confirmadas atuações de Camila Cabello e Black Eyed Peas logo no primeiro dia de atuações, 20 de junho, e do rapper e cantor Post Malone, a 28 do mesmo mês.

Ainda não há qualquer concerto anunciado para o terceiro dia de festival, 27 de junho, mas sabe-se já que, como tem sido habitual ,haverá atuações de Ivete Sangalo e Xutos & Pontapés na edição que se avizinha, que poderão ou não acontecer nesse terceiro dia.