Em atualização

O Ministério Público instaurou um inquérito aos insultos dirigidos ao avançado Moussa Marega durante o jogo entre o FC Porto e o Vitória de Guimarães, no domingo, confirmou o Observador. O caso encontra-se em investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal de Guimarães.

Ainda esta segunda-feira, a PSP confirmou ao Observador que estava a analisar as imagens de videovigilância “para serem entregues às autoridades judiciais e administrativas”, esclarecendo que “não foi possível identificar os adeptos no estádio“.

Durante a partida, o avançado pediu para ser substituído, ao minuto 71 do jogo da 21.ª jornada da I Liga, por ter ouvido cânticos e comentários racistas de adeptos da equipa adversária, numa altura em que os dragões venciam por 2-1, resultado que se manteve até ao final do jogo.