Os voluntários da campanha “Costurar com o coração” já produziram mais de 50 mil máscaras de proteção para ajudar no combate à pandemia da Covid-19, anunciou esta sexta-feira o município de Leiria.

A campanha envolve cerca de 600 costureiros e costureiras que estão a confecionar máscaras para atender às dificuldades de oferta do mercado e ajudar quem está a lidar com pessoas que estão em situação de maior fragilidade, como utentes de lares e instituições particulares de solidariedade social.

A Câmara Municipal considera “impressionante” o número de equipamentos já produzidos, que dá “dimensão ao espírito solidário da região de Leiria” no âmbito da campanha que ambiciona chegar às 200 mil máscaras.

Em comunicado, a autarquia recorda a “adesão entusiástica” da população local e de outros pontos do país, que rapidamente somou 600 inscritos.

Segundo o vereador Carlos Palheira, citado na informação divulgada, foram já entregues 20 mil máscaras “a instituições de solidariedade, de apoio à pessoa com deficiência, apoio domiciliário e outras instituições sem fins lucrativos“.

“Agradecemos a colaboração da população nesta causa, reveladora do espírito solidário dos leirienses”, conclui o responsável da autarquia.

Portugal contabiliza 854 mortos associados à Covid-19 em 22.797 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia. Relativamente ao dia anterior, há mais 34 mortos (+4,1%) e mais 444 casos de infeção (+2%).

Das pessoas infetadas, 1.068 estão hospitalizadas, das quais 188 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou de 1.201 para 1.228.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo anunciou esta sexta-feira a proibição de deslocações entre concelhos no fim de semana prolongado de 1 a 3 de maio.