Nas últimas 24 horas morreram em Itália 415 pessoas devido ao novo coronavírus, avança o La Stampa. Com este número, o país regista mais de 26 mil mortos (26.384). Esta sexta-feira o país tinha registado 420 vítimas. O número de pessoas contagiadas diminuiu novamente: nas últimas 24 horas horas as autoridades do país dizem que houve mais 2.357 infetados (esta sexta-feira eram 3.012).

A boa notícia neste número é que, pela segunda vez, o número de recuperados supera o número de novos infetados: 2.662. Nestes números menos negativos, Itália regista também menos 71 pessoas nos cuidados intensivos e 535 pessoas que saíram das enfermarias para continuar a recuperação em quarentena.

A região mais afetada pela pandemia continua a ser a Lombardia, com 71.969 casos, mais 713 do que nas últimas 24 horas. Contudo, nesta região, os casos continuam a descer: esta sexta-feira, registavam-se mais 1.091 casos. Lombardia é seguida por Piemonte, que tem 24.426, mais 604 do que em relação a esta sexta-feira.

Itália inicia testes serológicos a partir de 4 de maio

Com estas contas, o país mais afetado na Europa pela pandemia tem, atualmente, 195.351 casos confirmados de Covid-19. Este sábado, foi revelado pelo executivo italiano que o país vai utilizar testes serológicos, que servem para detetar se uma pessoa desenvolveu anticorpos à Covid-19, a partir de 4 de maio, quando o país iniciar a reabertura após quase dois meses de confinamento.