Nas últimas 24 horas morreram em Itália 323 pessoas devido ao novo coronavírus, avançam as autoridades do país, como noticia o La Stampa. Este número é pouco inferior ao registado esta terça-feira (382 mortos). Agora, o país regista 27.682 mortos.

O número de pessoas contagiadas mantém-se, também, estável em relação a esta terça-feira, continuando o país numa fase de “planalto”, como descreve o mesmo jornal. Nas últimas 24 horas, as autoridades do país dizem que houve mais 2.086 infetados (esta terça-feira eram 2.091). Com estas contas, o país mais afetado na Europa pela pandemia tem agora 203.531 casos confirmados de Covid-19.

Itália está preparada para uma eventual segunda vaga da doença

Quanto a números mais positivos, o número de curados supera novamente o número de novos infetados e continua elevado: 2.311. A Lombardia continua a ser a região mais afetada: 786 dos novos casos são deste local. Ao todo, já recuperaram 71.252 pessoas no país. Os dados completos revelados pela autoridades italianas esta quarta-feira mostram também menos 68 pessoas nos cuidados intensivos e menos 513 pessoas nas enfermarias comuns.

Apesar de estes números continuarem a ser elevados, ficam abaixo da média de três mil novos infetados que o país apresentava na semana passada. Além disso, a maioria da regiões está a apresentar um número menor de novos infetados. Mesmo com Piemonte a ter mais 411 infetados (mais 59 do que nesta terça-feira), na Lombardia houve menos 83 casos e registam-se também quedas ligeiras em Lazio e em Roma.

Itália. Funerais até 15 pessoas numa “fase 2” que arranca a 4 de maio

Esta quarta-feira, o responsável da estratégia de combate à Covid-19 em Itália declarou que o país está preparado para uma segunda vaga de infeções, “ainda maior do que a primeira”, se a reabertura preparada para 4 de maio levar a um aumento de casos. Na “fase 2”, como lhe apelidou o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte, vai tentar-se uma abertura gradual da economia até junho que terá, contudo, bastantes restrições para a maioria dos negócios.