A Polícia Judiciária (PJ) deteve em flagrante delito, nos arredores de Aveiro, dois indivíduos, de 19 e 36 anos, por suspeita de burla qualificada e falsidade informática, praticados de forma continuada, informou esta terça-feira aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que os detidos adquiriram uma moto de enduro, que estava à venda na Internet, apresentando “a imagem de uma transferência bancária, realizada em ambiente ‘web’, com o valor acordado para a venda, que se veio verificar ser falsa”.

Adquirindo a posse do veículo logo o colocaram à venda também em plataforma informática de anúncios, tendo efetivamente chegado a encetar negociações para a venda em causa, o que permitiu a realização de diligências por esta Polícia que culminaram com a localização e detenção dos autores de tais factos”, refere a mesma nota.

A PJ alerta para a necessidade de ser sempre confirmada, junto da instituição bancária beneficiária das transferências, que os valores devidos obtiveram boa cobrança, evitando, assim, fazer-se fé nos documentos apresentados, pelos potenciais compradores.