A taxa de desemprego fixou-se nos 7,9% na zona euro e os 7,3% na União Europeia (UE) em maio, uma subida homóloga, mas tendo desacelerado face a abril, em ambas as zonas, divulga o Eurostat.

Na zona euro, de acordo com o boletim do serviço estatístico europeu, a taxa de desemprego de 7,9% de maio compara-se com a de 7,5% do mesmo mês de 2020 e os 8,1% de abril.

Na UE, o desemprego foi de 7,3%, acima dos 6,9% homólogos, mas desacelerando face aos 7,4% de abril.

O Eurostat estima que, em maio, 15,278 milhões de pessoas estavam desempregadas na UE, dos quais 12,792 milhões na zona euro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A taxa de desemprego nos jovens até aos 25 anos manteve-se, na zona euro, estável nos 17,5% face ao mês homólogo, tendo recuado na comparação com os 18,4% de abril.

Na UE, o desemprego juvenil fixou-se nos 17,3%, ligeiramente acima dos 17,0% homólogos, mas registando um recuo quando comparado com os 18,2% de abril.

Em maio, 2,979 milhões de jovens estavam desempregados na UE, dos quais 2,403 milhões na zona euro.