O avançado português do Vitória de Guimarães Rochinha foi, este domingo, transportado para o hospital, após um choque na área do Belenenses SAD, num jogo da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol. Saiu consciente do estádio e, depois dos exames, teve alta do hospital já depois da meia-noite.

Rochinha, de 26 anos, caiu inanimado no relvado do Estádio D. Afonso Henriques, aos 78 minutos, após um impacto na discussão de um lance ofensivo, com dois defesas da formação lisboeta, Tomás Ribeiro e Alisson Safira.

O jogo esteve interrompido durante aproximadamente 10 minutos, para prestar assistência ao jogador vitoriano, enquanto jogadores das duas equipas faziam um círculo protetor em torno do futebolista assistido.

Espero que ele esteja bem. Foi um lance um bocado assustador, acima de tudo para ele e para a família. Parte de já de mim um abraço e dizer que vai correr tudo bem. Ele está estável, isso é o mais importante de tudo, depois vamos ver a evolução”, disse o treinador Pepa na entrevista rápida.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de estabilizado, o jogador saiu de maca já consciente e seguiu para o Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães. Segundo o clube, Rochinha sofreu um traumatismo craniano, perdeu os sentidos, mas encontrava-se estável.

“No final ele já estava consciente, acho que já está tudo ok. Foi um susto e queríamos dedicar-lhe uma vitória”, revelou o médio vimaranense, André André à Sport TV.

Depois dos exames complementares realizados no hospital e tendo em consideração a evolução favorável da situação do jogador, Rochinha teve alta e encontra-se a recuperar em casa.

Atualizado, às 9h15 de 13 de setembro, com o estado de saúde do jogador e declarações do treinador e médico