Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Ministério da Administração Interna anunciou, esta quarta-feira, a prorrogação do dispositivo terrestre de combate a incêndios rurais nos corpos de bombeiros até 31 de outubro.

A decisão do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, foi justificada com as “previsões meteorológicas, que continuam favoráveis à ocorrência e desenvolvimento de incêndios rurais”, lê-se no comunicado de imprensa, “de modo a assegurar a manutenção de um dispositivo de resposta adequado ao risco de incêndio rural”.

Segundo a nota enviada aos meios de comunicação social, o Ministério garante que “manterá um efetivo de 3.933 bombeiros, correspondendo a 798 equipas, apoiados por 848 veículos”, assim como “41 meios aéreos”, que continuarão em serviço até ao final do mês.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR