352kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Jogadores do Mirandela entram em campo com 11 cães para apelar à adoção

No próximo jogo, o Sport Clube Mirandela vai entrar em campo com 11 cães para adoção. A ação, semelhante a uma que já aconteceu na Roménia, é de sensibilização para o combate ao abandono de animais.

FCSB v Dinamo Bucharest - Romanian First League
i

A iniciativa é uma réplica de algo que já aconteceu na Roménia, em que os jogadores entraram em campo com cães para adoção

NurPhoto via Getty Images

A iniciativa é uma réplica de algo que já aconteceu na Roménia, em que os jogadores entraram em campo com cães para adoção

NurPhoto via Getty Images

Os jogadores da equipa principal de futebol do Mirandela vão entrar em campo, no próximo domingo, acompanhados por 11 cães para apelar à adoção de animais abandonados, divulgou esta quarta-feira a organização.

A direção do clube de futebol transmontano aceitou o repto lançado pela Associação de Defesa Animal do Nordeste (ADAN) e junta-se à causa animal no jogo a contar para a série B do campeonato de Portugal, em que recebe o Vila Meã, no domingo, no Estádio de São Sebastião.

“Vá ao futebol e adote um amigo de quatro patas”, é o lema da iniciativa com que a ADAN encerra as atividades de comemoração do mês do animal, que decorreram ao longo de outubro, como disse à Lusa Margarida Duque, membro da associação.

Margarida Duque decidiu replicar uma ação de que teve conhecimento, nas redes sociais, organizada num país do Leste Europeu e a associação conseguiu congregar várias entidades nesta iniciativa que será “inédita em Portugal”.

A ADAN, que tem sede em Mirandela, no distrito de Bragança, contactou o Centro de Recolha Oficial (CRO) da Terra Quente Transmontana e o veterinário municipal selecionou os 11 cachorros e cães para a iniciativa “jogar para adotar”, que conta com o apoio da Câmara de Mirandela na promoção.

Segundo Margarida Duque, a equipa do Sport Clube de Mirandela entrará em campo, cada jogador acompanhado de um cão, para sensibilizar o público a adotar animais abandonado e não a comprar.

No intervalo do jogo, os animais voltam a desfilar em campo e, quem estiver interessado, pode fazer a adoção gratuitamente no estádio, onde vão estar elementos da ADAN, com a garantia de que os animais estão registados, desparasitados, esterilizados, com as vacinas em dia e com ‘chip’.

A ADAN, e todos os parceiros envolvidos, pretende “com este evento inovador a nível nacional sensibilizar para o não abandono de animais e para promoção da adoção responsável”.

O presidente do Sport Clube de Mirandela, Carlos Correia, garantiu à Lusa que a resposta ao repto da associação foi imediatamente afirmativa.

“Estamos sempre abertos a estas iniciativas, sempre solidários e fica bem à instituição (clube)”, declarou à Lusa.

Da parte dos jogadores, o presidente assegurou que “estão sempre dispostos a ajudar”.

Para o presidente do clube, “era bom que se conseguisse adotar, pelo menos, quatro ou cinco animais”.

Carlos Correia só lamenta as previsões de chuva para a tarde do próximo domingo, na esperança, contudo, de que ela não afaste o público do estádio de São Sebastião, em Mirandela.

A página está a demorar muito tempo.