Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Depois de começarem a ser conhecidos mais detalhes sobre o homem de 36 anos que é acusado de raptar Cleo Smith, a criança australiana que esteve desaparecida durante 18 dias, novas imagens mostram Terence Darrell Kelly descalço e algemado, a ser escoltado por vários agentes até ao avião que o transportou para a prisão, depois de ser ouvido em tribunal. Numa delas, Kelly aparece a piscar o olho para a fotografia.

Cleo Smith foi raptada de um acampamento na Austrália Ocidental, a 16 de outubro, e encontrada esta semana. Terence Darrell Kelly, o único suspeito do rapto, é descrito como uma pessoa “solitária” e foi acusado de vários crimes, incluindo o de levar à força uma criança com menos de 16 anos.

As imagens agora divulgadas mostram o momento em que o homem entra num avião, no aeroporto de Carnarvon, com destino à prisão de alta segurança em Perth, a capital da Austrália Ocidental, na tarde de quinta-feira. A viagem aconteceu depois de ter sido presente a tribunal pela primeira vez pelo rapto da criança, numa sessão em que terá gritado aos jornalistas “vou atrás de vocês [I’m coming for you]”. É na prisão de Perth que Kelly vai ficar até 6 de dezembro, dia em que volta a tribunal para uma nova sessão do julgamento.

Outras imagens recentemente divulgadas mostram que o homem colecionava dezenas de bonecas em casa. Há também fotografias publicadas no Facebook em que aparece a andar de carro com uma boneca. “Adoro levar as minhas bonecas a passear, arranjar os seus cabelos e tirar selfies em público”, lê-se na legenda.

Cleo Smith. Homem acusado do rapto de criança de quatro anos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Daily Mail escreve que uma das páginas de Facebook de Kelly seguia a mãe de Cleo, Ellie Smith, que fez apelos naquela rede social para que quem tivesse informação sobre o desaparecimento da filha a divulgasse. O jornal acrescenta que Kelly terá reagido a notícias sobre a criança desaparecida com um emoji triste.