As linhas aéreas da África do Sul (South African Airways – SAA) anunciaram esta sexta-feira que vão suspender a ligação diária entre Joanesburgo e Maputo a partir de 1 de dezembro por falta de procura.

“A companhia aérea vai retirar da programação o seu serviço diário de regresso a Maputo, em Moçambique”, lê-se em comunicado.

“A procura deste serviço não tem correspondido às expectativas e, por enquanto, esta mudança está em linha com a nossa estratégia de uma gestão transparente e com responsabilidade”, referiu o diretor comercial interino, Simon Newton-Smith, em comunicado.

Nenhuma companhia aérea gosta de cancelar voos, mas estamos comprometidos com o sucesso e a sustentabilidade”, acrescentou.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os passageiros que já tinham bilhetes serão transferidos para voos operados pelas Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que também ligam Maputo e Joanesburgo.

A viagem de cerca de 70 minutos entre as duas cidades tinha sido retomada pela companhia sul-africana quando reiniciou operações em setembro.

A SAA voltou a voar após uma paralisação em março do ano passado, por dificuldades financeiras e má gestão que levaram a um processo de recuperação da empresa.