Recentemente começou a circular num grupo de Facebook de motoristas uma publicação que alegava que a GNR de Leiria teria adquirido um BMW M3 para fazer as patrulhas no IC2. Mas este carro não pertence à GNR: foi de facto utilizado pelo Comando Territorial de Leiria, mas para gravações de vídeo sobre segurança rodoviária.

A publicação em causa, que já atingiu as 680 partilhas, mostra três fotografias de um carro BMW M3 cinzento, com vidros escuros, na berma de uma estrada. O autor da publicação feita no passado dia 22 de março identifica este veículo como uma “nova aquisição” da GNR de Leiria, “para apanhar uns aceleras” no IC2. “Cuidado”, avisa ainda. Entre os mais de 100 comentários, há utilizadores a lamentar que o dinheiro dos contribuintes seja utilizado para comprar carros deste tipo, enquanto há pessoas “desempregadas” e “a passar fome”.

A publicação já atingiu as 680 partilhas

Só que este carro não foi adquirido pela GNR, tal como afirma a publicação. O Observador questionou esta força de segurança militarizada que garantiu que “o veículo em questão não pertence” à sua frota. Este BMW M3 foi apenas “utilizado no âmbito da realização de um vídeo sobre segurança rodoviária pelo Comando Territorial de Leiria” — vídeo esse que foi publicado na página de Facebook deste Comando e que pode ser visto aqui.

https://www.facebook.com/watch/?v=198253368736267

No vídeo, o carro em questão é visto em dois momentos. Primeiro, na berma de uma estrada para simular que está a ser alvo de uma fiscalização da GNR. Noutro momento, é visto a ser escoltado pela GNR ao mesmo tempo que se ouve o capitão Rui Costa a explicar que o Comando Territorial de Leiria faz “escoltas a altas entidades”, entre outras funções. “A recolha destas imagens teve como objetivo a realização do referido vídeo tendo em vista alertar e sensibilizar os cidadãos para uma das missões da GNR no apoio aos condutores”, explicou fonte oficial da GNR ao Observador.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mais ao menos na mesma altura, surgiu nas redes sociais uma publicação — que o Observador já classificou como errada — também sobre um veículo da GNR. O autor da publicação alegava que um dos carros de alta cilindrada da GNR para transporte de órgãos estava a “a fazer piscinas de norte a sul” do país e a “passar multas”. Mas a GNR negou e garantiu a exclusividade das viaturas.

Fact Check. Topo de gama da GNR para transporte de órgãos usado para passar multas?

Conclusão

Publicação alega que a GNR de Leiria adquiriu um BMW M3 para fazer as patrulhas no IC2. Mas este carro não pertence à GNR, segundo confirmou fonte oficial desta força de segurança militarizada ao Observador. O MBW M3 foi de facto utilizado pelo Comando Territorial de Leiria, mas para gravações de vídeo sobre segurança rodoviária — vídeo esse que foi publicado na página de Facebook deste Comando.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge