Um vídeo amplamente partilhado nas redes sociais onde surge um homem com fatos de proteção, uma máscara que não está a tapar boca nem nariz e uma viseira. O objetivo? Fazer um teste antigénio a uma bebida energética, mais especificamente a RedBull. A bebida foi colocada no chamado ‘sabonete’ e, no final, o veredito deste vídeo é divulgado: o teste deu positivo. Mas não é bem assim e há várias razões para justificar que se trata de um conteúdo falso.

Primeiramente, no vídeo é possível ver que o resultado tem um traço vermelho na letra T. Entre as várias hipóteses possíveis para o teste, um risco apenas no T significa inválido (e não positivo, como é dito pelo protagonista). Assim, logo à partida, a conclusão estaria errada.

Germano de Sousa, médico patologista, vai mais longe. Um resultado positivo no RedBull — ou noutra bebida energética — pode explicar-se com a má utilização do teste de antigénio. O especialista revelou ao Observador que, quando surgiu a polémica com a Coca-Cola, fez ele mesmo o teste de várias formas e garante que se trata de um caso idêntico.

No vídeo, é possível ver que a bebida energética é colocada diretamente no objeto branco (o tal sabonete). Aí está o primeiro erro. Germano de Sousa explica que estes testes trazem um kit que não pode ser ignorado. “Os kits vêm com um tampão, além dos sabonetes. Temos obrigatoriamente de passar a amostra na garganta ou na nasofaringe da pessoa. Colocar uma quantidade mínima do tampão num tubo [que também vem no kit]. Depois, pegamos na zaragatoa e mergulhamos nesse tampão. Só depois dessa manobra é que retiramos a quantidade suficiente e fazemos o teste”, explica. Só assim é que o teste pode ser considerado válido.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Qual a diferença? Trata-se da reação que só funciona com o kit completo, principalmente devido ao pH. O RebBull tem um pH de 3,3 e a Coca-Cola, por exemplo, de 2,5. E este teste tem de ser realizado com “um pH entre 7,5 e 8,5″, sendo que este apenas se atinge quando se mistura o tampão com o produto que está a ser testado”.

“É muito fácil fazer este truque, que não corresponde a nada, é uma aldrabice”, aponta o especialista.

Fact Check. Deputado fez um teste à Covid-19 com Coca-Cola e obteve resultado positivo?

Conclusão

O resultado do teste à Covid-19 feito à bebida energética Red Bull é falso. De facto, o teste foi feito mas, além de o resultado não ser positivo, como é revelado pelo protagonista do vídeo (trata-se de um teste inválido), o especialista ouvido pelo Observador explica que o teste foi mal feito porque não se segue as normas do kit do teste antigénio.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge