Dark Mode 50,3 kWh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

José Fernandes e Fernandes

Convidado

Artigos publicados

Coronavírus

Tempo de quarentena...

319
Só agora haverá uma reunião com a Associação que representa os prestadores privados. Porque não desde o início? O SNS português, como qualquer outro, não pode vencer sozinho esta batalha.
Eutanásia

Eutanásia. Necessidade ou logro?

525
Defender a Vida, prolongá-la com qualidade e minorar o sofrimento são pilares do alicerce moral, ético e profissional de todos, médicos, enfermeiros, os que fazem da Saúde o seu dever e missão.
Saúde

Médicos no SNS. Renovação ou prepotência?

103
Esta proposta governamental para a retenção dos Especialistas no SNS traduz um equívoco e uma prepotência, consubstancia uma visão totalitária da missão e do poder do Estado
Medicina

Os médicos devem submeter-se a recertificação?

O caso do bebé sem rosto. "Parece-me ser necessário, urgente e indispensável a implementação dum sistema de Recertificação Profissional na Medicina, como existe em outros países europeus e nos EUA".
Serviço Nacional de Saúde

Porque o SNS não é atractivo?

219
Nem os nossos conseguimos manter no serviço público. Muitos optam pelo sector privado ou emigração. Essa é a razão fundamental porque há tanta carência de profissionais médicos e de enfermagem.
Saúde

Ensino privado de Medicina. Será mesmo necessário?

422
Extrapolar que a falta de profissionais no SNS é consequência da insuficiente formação de médicos pelas oito escolas médicas existentes é um sofisma.
Serviço Nacional de Saúde

O poder da responsabilidade e a defesa da Saúde

201
O País precisa de um serviço público de Saúde, funcionante, exemplar, de referência e, simultaneamente, não poderá dispensar um sector privado competitivo e que se imponha pela qualidade e eficiência.
Serviço Nacional de Saúde

SNS: A educação médica deixou de ser prioritária?

149
O modelo do hospital universitário -- que tem sido peça fundamental mas não é suficiente -- necessita de reestruturação urgente, que corresponda à evolução da medicina moderna.
Serviço Nacional de Saúde

A Saúde – na encruzilhada do futuro

220
Quais as razões que conduziram a este presente inquietante e triste? A confusão entre o essencial, que é o direito constitucional e inalienável à Saúde, e o acessório, que é modelo operacional, o SNS.
Doenças Cardiovasculares

Uma questão de civilização

120
Nas doenças cardiovasculares é fundamental reconhecer que para certos procedimentos, pela sua raridade e mobilização de recursos, é melhor e mais rentável centralizar a sua execução.
A página está a demorar muito tempo.