Bolsa

Bolsas europeias em baixa na ressaca das eleições na Alemanha

As principais bolsas europeias abriram esta terça-feira em baixa, ainda a digerir as eleições legislativas alemãs. Milão contraria a tendência e abre a subir.

O euro também abriu em baixa

ANDREW GOMBERT/EPA

As principais bolsas europeias estavam esta terça-feira em baixa, numa sessão com poucas referências macroeconómicas e ainda a digerir as eleições legislativas de domingo na Alemanha.

Cerca das 08:40 em Lisboa, o EuroStoxx 50, índice que representa as principais empresas da zona euro, estava em baixa, a descer 0,14% para 3.532,51 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt estavam a descer 0,19%, 0,15% e 0,16%, respetivamente, bem como a de Madrid, que recuava 0,03%. A exceção era Milão, cujo principal índice estava a subir 0,11%.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:40, o principal índice, o PSI20, estava a recuar 0,01% para 5.312,92 pontos.

Dois dias depois das eleições alemãs, os mercados continuavam esta terça-feira a analisar a quarta vitória consecutiva de Angela Merkel com um Parlamento muito fragmentado e com o partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) como terceira força política.

Em Nova Iorque, a bolsa em Wall Street terminou na segunda-feira com o Dow Jones a descer 0,24% para 22.296,09 pontos, depois de ter subido em 20 de setembro até aos 22.412,59 pontos, máximo desde que foi criado em 1896.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cair para 1,1841 dólares, contra 1,1867 dólares no encerramento de segunda-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, abriu esta terça-feira em alta, a cotar-se a 59,22 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,33% do que no encerramento da sessão anterior.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Empreendedorismo

As duas características do empreendedor

José Miguel Pinto dos Santos

Se uma caraterística do verdadeiro empreendedor é a indiferença face à possibilidade de perder tudo o que investiu, a outra é estar preparado, e usar todo o engenho, para que isso não aconteça.

Rui Rio

Isto começou mal e vai acabar mal

Rui Ramos

O destino de Rui Rio não é ser oposição ao governo, mas ao próprio PSD. Foi sempre assim quando, no passado, o PSD foi posto na situação em que Rio o colocou, de subordinação ao PS.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site