O site do grupo dos eurodeputados do PS no Parlamento Europeu foi atacado, esta sexta-feira, pelo grupo Sudoh4k3rs, ligado ao universo dos Anonymous, e que também esteve envolvido no recente ataque à página da Procuradoria-Geral da República.

De acordo com o Público, durante o ataque, o grupo de hackers conseguiu obter ainda os contatos telefónicos de quase 40 deputados e ex-deputados portugueses de todos os partidos.

O Público tentou, sem sucesso, contatar vários deputados através dos números divulgados que, segundo indicou um assessor ao jornal, serão apenas profissionais.

Fonte oficial do PS confirmou o ataque, apesar de duvidar se a autoria do ataque teria sido efetivamente dos Anonymous.

No início do ataque, os hackers publicaram a seguinte mensagem no site dos PS no Parlamento Europeu: “Saudações Portugal e restante mundo. Nós somos Anonymous. Os políticos dão-nos a sensação que temos poder de escolha, mas esse poder não existe. Continuam a pensar que são os nossos donos. Não são. Queremos o estabelecimento de uma sociedade verdadeiramente democrática”.