Um forte sismo abalou este sábado o Chile, sem registo, até ao momento, de quaisquer vítimas nem danos materiais, informou o centro sismológico nacional. O abalo, de 6.4 na escala de Richter, registou-se a 39 quilómetros a oeste da cidade de Quillota, às 18:40 locais (23:40 em Lisboa). Já o serviço geológico dos Estados Unidos calculou uma magnitude de 6.6 na escala de Richter.

De acordo com o jornal espanhol El País, o tremor durou entre 30 a 40 segundos, tendo ocorrido a uma profundidade superficial, de apenas 24 quilómetros.

O sismo foi sentido na capital chilena, Santiago, onde se registaram cortes na eletricidade e nas comunicações móveis e de internet, bem como em cinco regiões do Centro do país: Valparaíso, Metropolitana, O’Higgins, Maule e Biobío. O jogo de futebol entre os clubes Unión Española e Universidad de Concepción, que decorria quando aconteceu o sismo, não foi interrompido, embora os seus efeitos tenham sido sentidos pelos espetadores da partida, segundo relata o El País.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha chilena já descartou o risco de tsunami.