Ray Rice, um running back dos Ravens, foi despedido pelo clube e suspenso pela liga de futebol americano na segunda-feira depois de um vídeo publicado pela TMZ, que mostra uma agressão violenta à noiva, Janay Palmer. A agressão remonta a fevereiro e aconteceu num elevador de um casino de New Jersey. O atleta enfrentaria apenas uma suspensão de dois jogos.

Este caso nunca tomou outras proporções porque o único vídeo disponível não mostrava o que acontecera dentro do elevador. Rice acabaria por pedir desculpas publicamente, deixando a promessa que, juntamente com a mulher, iria ajudar os casais que enfrentam violência doméstica. O jogador afirmou ainda que este incidente foi o “maior erro” da sua vida.

Mas Rice acabaria por ver o chão fugir-lhe dos pés depois de a TMZ publicar um vídeo do que realmente se passou dentro do elevador: um violento soco deixou a noiva inconsciente. As consequências não tardariam. A NFL emitiu um comunicado durante o dia de segunda-feira: “O comissário Roger Goodell decidiu, com base numa nova prova de vídeo que se tornou disponível hoje [ontem], impor uma suspensão indefinida contra Ray Rice.” E o clube decidiu terminar o contrato com o atleta imediatamente, informando ainda, durante esta terça-feira, que os adeptos poderiam deslocar-se ao estádio para trocar as camisolas com o nome de Rice. O running back terá de recorrer para ser reintegrado.

Esta terça-feira traria a defesa mais acérrima de Ray Rice: a agora mulher, Janay Rice. “Acordei esta manhã como se tivesse tido um pesadelo terrível, sentindo-me como se estivesse de luto pela morte de um amigo próximo”, começou por escrever na sua conta no Instagram. Janay responsabilizou a comunicação social e o público por ter de reviver a agressão, “um momento de que se arrependem todos os dias”.

Entre lamentos sobre a suspensão, a mulher do jogador deixa ainda uma mensagem a todos aqueles que estiveram atentos ao caso: “Se a vossa intenção era magoar-nos, envergonhar-nos, fazer-nos sentir sozinhos, tirar-nos a felicidade, conseguiram-no a muitos níveis. Fiquem a saber que vamos continuar a crescer e a mostrar ao mundo o que é o verdadeiro amor”, escreveu.