Ray Rice, Rihanna e CBS. Até há pouco tempo era pouco provável que estes três nomes se juntassem numa história só, mas o despedimento do jogador por violência doméstica aproximou-o da artista. Nós explicamos. Ray Rice foi despedido dos Baltimore Ravens, onde jogava, depois de ter sido divulgado o vídeo em que o jogador americano de futebol aparece a agredir a então noiva. Rihanna foi vítima de violência doméstica em 2009.

Os Baltimore Ravens jogam esta quinta-feira contra os Pittsburgh Steeler e estava prevista uma atuação inicial da cantora Rihanna. Tendo em conta o escândalo recente de Ray Rice, a cadeia CBS que transmite o jogo decidiu proibir a participação da artista. Isto porque nos EUA, ainda muitos se lembram das fotografias da agressão do também cantor Chris Brown a Rihanna — o escândalo ficou marcado na história da sua carreira.

Há já vários órgãos de comunicação americanos que consideram que a atitude da televisão mostra complacência com a violência doméstica. O desenterrar dessas memórias aliado à tensão que se sente no clube de futebol do jogador despedido já seria “um bocadinho demais para o estômago, numa semana em que o vídeo horrível de Ray Rice foi divulgado e causou controvérsia na liga americana de futebol”, analisa Cindy Boren, cronista do Washington Post.

O futebol americano está agora a lutar para “sair da sombra” do caso de Ray Rice. Depois de terem descartado Rihanna, a artista usou o Twitter para criticar a atitude da televisão. A CBS reconheceu que a cantora tinha alguma razão, mas nem assim se livrou da fúria.